Remix Yourself

Remix
Yourself.

Com o conceito de cultura REMIX, abordamos uma das questões fundamentais da sociedade de hoje e, indiretamente, as condições económicas básicas do futuro. A digitalização teve efeitos profundos sobre a produção de bens e serviços. Não há hoje nenhum produto que não tenha sido sujeito a milhares de testes virtuais em condições mais realistas do que nunca.

Enquanto que no passado eram necessários protótipos físicos para o desenvolvimento de um novo avião, por exemplo, é agora simples realizar uma série de testes de materiais com o simples premir de um botão, sem ter sequer de relacionar duas moléculas uma com a outra na realidade física. O segredo é a realidade virtual, a "segunda" realidade na digitalização, que há muito passou a ser a norma. No entanto, isso tem tido efeitos imprevisíveis nos seres humanos. A vigilância digital é total. Nenhum telefonema, nenhum e-mail, nenhum processo de pagamento escapa a isso e os nossos telemóveis deixam pegadas que tornam as visões futuristas mais sombrias do Estado controlador, como o de George Orwell, parecem brincadeiras de criança.

O que é que isso faz às pessoas? Onde está a humanidade para além do isolamento do indivíduo por trás do seu telemóvel que ri diante de lugares, espaços e tempos, como se não existisse uma coisa chamada realidade? É tempo de o ser humano voltar a virar-se para si próprio: REMIX YOURSELF. Com este lema, queremos estabelecer um compromisso ativo com a autodeterminação humana e usando uma cultura de participação, inspirar as pessoas do sul do Luxemburgo e da CCPHVA fronteiriça para, positiva e ativamente, moldarem o seu futuro compartilhado com autoresponsabilidade, pondo em contraste a realidade dos encontros físicos e a verdade de estar juntos com o mundo virtual e os seus falsos encontros.

Remix Yourself

Escusado será dizer que estaremos frequentemente a usar todas as possibilidades oferecidas pela arte digital levando-a até aos limites do possível, porque nós estamos igualmente fascinados por essas novas ferramentas que expandem a nossa perceção e sem as quais não gostaríamos de viver agora. No entanto, queremos também que os seres humanos dirijam o modo como isso acontece e vemos e usamos a digitalização como sendo o nosso próprio instrumento.

Remix Yourself